MPs e Defensorias questionam Ministério da Saúde sobre falta de medicamentos para intubação

(Curitiba, 18/03/2021) Os Ministérios Públicos Federal, do Trabalho e do estado do Paraná, em conjunto com as Defensorias Públicas do Paraná e da União encaminharam ofício ao secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, requisitando informações sobre a atuação do Ministério em relação ao desabastecimento de medicamentos utilizados para a intubação de pacientes nos hospitais paranaenses.

Em 1 ano, MPT recebe 40 mil denúncias ligadas à Covid-19

(Brasília, 17/3/2021) Em 1 ano, o Ministério Público do Trabalho (MPT) recebeu 40.279 denúncias relacionadas à Covid-19, em todo o País, de acordo com levantamento realizado pela instituição. De 1º de março de 2020 a 15 de março de 2021, foram ajuizadas 468 ações civis públicas (ACPs), firmados 443 termos de ajuste de conduta (TACs) e promovidas 563 mediações. Também foram expedidas 14.084 recomendações a autoridades do poder público e empregadores e instaurados 11.465 inquéritos civis relacionados à pandemia.

MPs oficiam Governo e Petrobras sobre reativação da Fafen-PR para produção de oxigênio hospitalar/medicinal

(Curitiba, 17/3/2021) No combate à pandemia e na corrida contra o tempo para salvar vidas, os Ministérios Públicos Federal (MPF) e do Trabalho (MPT) solicitaram informações a diversos órgãos sobre a possibilidade de reativação imediata da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), no Paraná, com objetivo de produzir oxigênio hospitalar/medicinal. Foram oficiados o Ministério da Saúde, o Governo do Paraná, a Petrobras e a Federação Única dos Petroleiros (FUP).

Confira aqui a escala de plantão dos procuradores e procuradoras do MPT-PR

Atendendo à Resolução do Conselho Superior do Ministério Público do Trabalho, a Procuradoria Regional do Trabalho da 9ª Região mantém atividades em sistema de plantão nos dias e horários em que não há expediente (dias de semana das 20h às 8h e nos fins de semana e feriados), para medidas urgentes, conforme Portaria PRT9 n.º 70.2020.

Consideram-se medidas de caráter urgente aquelas que, sob pena de dano irreparável ou de difícil reparação, necessitarem de apreciação, inadiavelmente, fora do horário do expediente das unidades da PRT9. A providência deverá objetivar afastar dano iminente, com a demonstração objetiva de que fora inviável a dedução do requerimento respectivo no horário de expediente.

Clique aqui para acessar a escala de maio de 2021.